Loading

Blog

The 2018 World Cup is fast approaching, with national sides making their final preparations ahead of this summer’s tournament.

We now know the groups after December’s draw. England have been put together with Belgium, Tunisia and Panama in Group G.

Gareth Southgate’s side were not among the top seeds, meaning they featured in pot two during the proceedings.

And with England’s route now mapped out, Southgate will be able to ramp up preparations for the 2018 tournament. 2018 World cup, football News ,Gaming ,Betscore ,Casino …..Sports.vin

 

É com muito prazer que inauguramos nosso blog com a apresentação do primeiro documentário realizado pela Spanda Produtora “Leões de Paraisópolis – O rugby que vem da favela”​ – um documentário de 52 minutos, coproduzido pela Spanda e ESPN.

​Nosso documentário ​busca contar a história de um esporte elitizado que se transformou em uma poderosa ferramenta de inserção social.

​O ​filme apresenta​ a iniciativa pioneira de dois jovens apaixonados por rugby, Mauricio Draghi e Fabricio Kobashi, que levaram a cultura do Rugby​ para dentro da comunidade de Paraisópolis, na zona sul de São Paulo, e tornaram a ação uma referência de projeto social com crianças e adolescentes bem sucedido.

​A ONG Rugby Para Todos foi criada pelos dois atletas para em 2004 como uma oportunidade para os ​jovens de Paraisópolis de aprender o rugby e seus valores de união, disciplina e amizade, entre outros. Desde então, o projeto já ajudou na formação pessoal de mais de 5 mil crianças e adolescentes através do esporte, em São Paulo e no Rio. Além disso, o IRPT atua na formação de atletas de alto nível, que representam faculdades, clubes da primeira divisão Paulista e as seleções nacionais Juvenis e Adultas, Masculinas e Femininas.​

Uma coprodução da Spanda Produtora e ESPN Filmes, o documentário foi dirigido pela dupla ​Guga ​Ferri e Danilo Mantovani, que já trabalhou em diversos filmes publicitários e institucionais para a Spanda desde sua abertura em 2013.​

Quando surgiu a ideia de fazer um documentário sobre o projeto os diretores​ viram a oportunidade de utilizar​ os aprendizados de sua​ experiência​ em ​publicidade para ​transformá-la ​em algo maior, investindo sua criatividade e conhecimento em produção ​em um projeto de impacto social positivo.

Danilo conta que primeiro foram assistir​ um treino de rugby​ dentro da comunidade: “Ver aqueles jovens com uma perspectiva tão diferente da realidade deles, ver o time de educadores trabalhando e entender a dimensão do que os caras fizeram não só por Paraisópolis – mas pelo esporte – imediatamente veio a vontade de ir muito além de um institucional.

Queríamos compartilhar aquela história, inspirar as pessoas da maneira como fomos inspirados ao ver o que estava sendo feito ali”. Para Gustavo, que jogou rugby por 12 anos, o filme não é apenas sobre o esporte: “não é um filme de rugby, mas um filme sobre o rugby. E sobre jovens que tiveram suas vidas transformadas por esse esporte e por seus valores e hoje vão em busca de seus sonhos!”.

Tanto para Danilo quanto para Guga​ filmar dentro da segunda maior favela de São Paulo foi um grande desafio Guga ressalta que apesar de sermos​de fora da comunidade​ fomos muito bem recebidos​. ​As pessoas da comunidade sempre foram extremamente receptivas, educadas, cordiais e simpáticas.​

Lá é um lugar no qual se mantém ainda uma simplicidade no trato entre as pessoas, uma informalidade gostosa. Foram muitas as vezes que entramos na casa de pessoas que nunca tínhamos visto antes, apenas batendo em suas portas e pedindo para filmar a vista da laje.”

Danilo pontua​ que o fato de estarem fazendo um filme sobre o “Rugby para Todos” facilitou o processo: “Nem todos sabem o que é o rugby, mas qualquer um que você abordar em Paraisópolis sabe que o Rugby Para Todos é um projeto sério e que há mais de 10 anos vem promovendo uma grande transformação ali. Isso naturalmente já nos abria as portas.”

O longa-metragem foi lançado na quarta-feira, 12/07, às 00h na ESPN. Para quem não conseguiu ver o filme, amanhã dia 19/07 tem reprise às 01:15 (após o Sportscenter), na ESPN Brasil. O filme também estará disponível no WatchESPN, plataforma de transmissão simultânea e conteúdo sob demanda dos canais ESPN disponível em aplicativos para iOS, Android e também pelo portal ESPN.com.br/watch.

Acompanhe o nosso blog que vamos postar mais detalhes de como foi o evento de pré-lançamento na RedBull Station e a exibição fechada na Aliança Francesa.

Ficha técnica

Coprodução: ESPN Filmes e Spanda Produtora
Direção: Guga Ferri e Danilo Mantovani
Produção Executiva: Ana Clara Cenamo
​Assistência de Direção: Manu Saunier
Produção: Ellen Igersheimer
​Assistência de Câmera: Mario Sene​
Som direto: Daniel Mellito
Financeiro: Nataly Canassa
Controller: Patricia Chamon​
Still e Making Of: Sofia Colucci
Montagem: Tony Tiger
Finalização: Carlos Kenjy
Acessibilidade: Gama Tv
Pela ESPN: Renata Netto, Regiane Wohnrath, equipe de coproduções, Laura Colucci
​Trilha Sonora: Drumagick
Identidade Visual: Colletivo
​Equipamento: Rentalcam​
​Divulgação: ESPN e Mari Rossi

Agradecimentos

Um agradecimento especial a Mauricio Dragh​i e Fabricio Kobashi, fundadores do Rugby para Todos, a todos os Leões de Paraisópolis, que são ou foram alunos do IRPT, assim como os profissionais que trabalham atualmente e todos que já passaram e contribuíram de alguma forma para o projeto. À comunidade Paraisópolis, que acolheu o Rugby e seus valores com tanto amor e carinho desde o início, em 2004; à todos os voluntários que já passaram pelo projeto; à todos os patrocinadores, parceiros e apoiadores que acreditam nessa missão e a todos os familiares das pessoas envolvidas no documentário.

 

 

[slide-anything id="838"]